Poeta José Geraldo Corrêa
Autor dos livros Amor e Sabre, Sentenças do Corpo e O Abajur Público.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Palavras Carnívoras

Como canibais, sensíveis animais,
Aprendi que as palavras mordem,
Apagam velas em todos castiçais,
Revolucionam, causam desordem.

Perfuram peles, gorduras, nervos,
Assombram as almas carnívoras,
Rasgam livros velhos nos acervos,
Maçãs entre os dentes de víboras.

Mal fadadas letras que incubadas,
Mascam covarde silêncio não dito,
Vestem as infelizes falas mofadas,
Ecoam nas rimas do verso maldito.
 
Dado Corrêa
Enviado por Dado Corrêa em 01/05/2018
Alterado em 12/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários